Diário

Nota de abertura do site (antiga):

Bem vindos!

Até pouco tempo, JKRowling.com era uma lista de links para minhas editoras – Chato, e eu acho que vocês concordam. Então eu pensei em animar um pouco. Eu recebo muitas e muitas cartas todos os dias o que se torna impossível de ler e responder todas. Um website pode ser um caminho muito interessante para comunicar-me diretamente com os fans de Harry Potter. Tudo que estiver aqui, foi escrito por mim, J. K. Rowling. Aqui é o lugar onde eu posso contar a verdade sobre rumores ou novas histórias, aonde eu possa dividir as informações extras que eu não coloquei nos livros, aonde eu possa dar a vocês dicas e pistas sobre o que vai acontecer com Harry no próximo livro e aonde eu possa anunciar quando eu terminar o livro 6 …. e não, isso não vai acontecer tão cedo. Ocasionalmente a marca negra aparecerá para vocês. Isso significa que existe um Alerta de Spoiler. Ela aparece apenas para informações do livro 5 – A Ordem da Fênix – se vocês ainda não terminou de ler os outros 4, não perca mais tempo! Concluindo, eu realmente espero que vocês aprecie minha mesa de trabalho (que foi especialmente arrumada para sua visita). Não bata em nada, por favor. E cuidado com o Pirraça!

Com amor, de JK Rowling
(Jo para vocês)

07/12/2007
Para onde foram os últimos sete meses? Parece como se Harry tivesse sido publicado e então eu tivesse deslizado através de um estranho portal do tempo no qual tudo passou com o dobro da velocidade, apenas para ser então jogada no começo de dezembro.

As pessoas vivem me dizendo, ‘Eu espero que as coisas tenham se acalmado um pouco agora que você acabou’ e minha resposta em algumas vezes é uma sincera risada sem graça. Eu tenho estado excepcionalmente ocupada desde Julho, com o tour Canadá/EUA, Contos de Beedle, o Bardo, vários comitês de caridade, uma massiva montanha de correspondência de correio, mais três crianças que eu insisti em trazer para o mundo. Conseqüência: negligência ao site! Entretanto, eu estou colocando algumas atualizações em News (onde vocês vão ver que eu também estive ocupada com um documentário), FAQs e Extras. Eu espero colocar mais algumas outras notícias com o tempo.

O tour EUA/Canadá foi o meu favorito com certeza. Se alguém lendo isso esteve na audiência de qualquer um desses eventos, obrigada, porque eles somente foram maravilhosos como foram por causa das brilhantes perguntas e do impressionante calor daqueles presentes.

Aprofundando-se mais nos Quatro Meses Perdidos, o lançamento de ‘Relíquias’ no Museu Nacional de História em Londres também foi o meu favorito de todos os tempos, e a todos aqueles que esperaram na fila por tanto tempo tão pacientemente, vocês foram incríveis, e eu amei encontrar cada um de vocês.

‘Relíquias da Morte’ continua o meu livro favorito da série. Eu espero que, mesmo que não seja o seu, você tenha entendido, pelo menos, que era para aí que a história esteve sempre direcionada; era o fim que eu vinha planejando por dezessete anos, e houve mais satisfação do que vocês provavelmente possam imaginar em finalmente dividir isso com meus leitores.

Quanto ao luto por Harry – eu duvido que acreditem em mim quando eu disser isso – ninguém pode sentir o final tão profundamente quanto eu senti. Escrever Harry Potter tem sido inextrincavelmente ligado com a minha vida por esses dezessete anos, e dizer adeus tem sido tão difícil quanto eu sempre soube que seria. Então eu queria dizer um grande Obrigada a cada um que escreveu para mim desde a publicação, dizendo coisas tão lindas sobre o que os livros significaram para eles, porque suas palavras significam o mundo para mim nesse amargo-doce momento.

18/07/2007
Já estamos quase lá! A medida que a grande noite do lançamento se aproxima, por favor vamos todos ignorar essas informações falsas sobre Harry Potter and the Deathly Hallows e as fotos que foram divulgadas na web e na imprensa. Gostaria de pedir a todos aqueles que se dizem fãs de Harry Potter que ajudem a preservar o segredo da história para todos aqueles que estão esperando para ler o livro na data de sua publicação. Em muito pouco tempo, vocês saberão TUDO!

14/05/2007
Duas semanas atrás (28 de abril caso vocêss queiram ir lá e pesquisar o arquivo) o site de fãs “The Leaky Cauldron” postou um editorial sobre spoilers em potencial de “Deathly Hallows”. Isto me fez rir, mas eu também fiquei muito comovida e agradecida.

Nós estamos agora a pouco menos de três meses, e os primeiros estrondos distantes da loucura que geralmente precede uma publicação Harry Potter podem ser ouvidos no horizonte. A afirmação antecipada da missão do “The Leaky Cauldron” sobre spoilers (ex, não colocamos e não vamos colocar se vocês mandarem) estsou profundamente apreciada pela sua atenção.

Eu acrescento meu próprio apelo ao de Melissa por uma razão, e somente uma: eu quero que os leitores, que em muitos momentos, cresceram com Harry, embarquem na última aventura que vão dividir com ele sem conhecer onde estão indo.

Alguns, talvez, vão ler isso e olhar sobre a ética que toda publicidade é boa publicidade, que spoilers são parte do falatório, e que eu estou tentando proteger mais as vendas do que meu leitorado. Contudo, spoilers não vão impedir as pessoas de comprar o livro, eles nunca impediram tudo que isto faz é diminuir o prazer deles no livro.

Sempre vão existir indivíduos infelizes que obtém sua curtição arruinando a alegria de outra pessoa, mas enquanto sites como o Leaky tiverem uma postura tão firme contra eles, nós ainda poderemos vencer. Mesmo que o maior segredo escape “mesmo que alguém descubra que a Lula gigante é o maior animago do mundo, e que surge do lago na décima primeira hora, se transforma em Godrico Gryffindor” bem, eu não quero desmanchar o prazer sobre isso.

06/02/2007
Pouco interessa ao leitor, talvez, saber com quanto desgosto se descansa a caneta ao final de uma tarefa imaginativa de dois anos; ou como um autor se sente como se estivesse perdendo uma porção de si mesmo no mundo sombrio, quando uma multidão das criaturas do seu cérebro estão indo embora dele para sempre.
E sobre isso eu posso apenas suspirar: tente dezessete anos, Charle.

Eu sempre soube que a história de Harry terminaria no sétimo livro, mas dizer adeus foi tão difícil como eu sempre soube que seria. Mesmo enquanto estou em luto, porém, eu sinto uma incrível sensação de realização. Eu mal posso acreditar que eu finalmente escrevi o final que eu estive planejando por tantos anos. Eu nunca senti tal mistura de emoção extremas em minha vida, nunca sonhei que poderia me sentir simultaneamente de coração quebrado e eufórica.

Alguns de vocês expressaram uma (muito mais muda!) mistura de alegria e tristeza na perspectiva do último livro sendo publicado, e isso significou mais do que eu posso lhes dizer. Se isso serve de consolo, eu acho que ainda haverá muita coisa para continuar discutindo e especulando, mesmo depois que “Deathly Hallows” sair. Então, se você ainda não está pronto para sair dos fóruns de mensagens, não se desespere.

Eu estou quase com medo de admitir isso, mas uma coisa me impediu de desmoronar em uma poça de miséria no chão. Enquanto cada um dos livros anteriores de Potter tão fortes reivindicações pelas minhas afeições, “Deathly Hallows” é meu favorito, e esse é o modo mais maravilhoso de terminar a série.

19/12/2006
A falta de atualizações se deu pelo trabalho árduo. Eu agora estou escrevendo algumas cenas que foram planejadas, em alguns casos, por uma dúzia de anos e até mesmo mais. Eu não imagino alguém que não esteja numa situação como a minha possa saber como eu me sinto: Eu estou alternadamente orgulhosa e exausta. Em ambos quero e não quero, terminar esse livro (não se preocupe, eu irei). Por anos, as pessoas tem me perguntado se eu já sonhei que estivesse – dentro – do mundo de Harry. A resposta é – não – até algumas noites atrás, quando eu tive um sonho épico no qual eu era, simultaneamente, Harry e o narrador. Eu estava procurando por um Horcrux numa sala gigante e lotada, que não remete ao Salão Principal como eu o imagino. Como narrador, sabia perfeitamente bem que o Horcrux estava engarrafado em um esconderijo dentro da lareira, enquanto como Harry estava procurando-o em diversos outros lugares, enquanto tentava fazer com que as pessoas a minha volta dissessem falas que já tinha pré-arranjado pra elas. Enquanto isso garçons e garçonetes que trabalham no café real onde escrevi grandes partes do livro sete perambulavam a minha volta como se estivessem em pernas de pau, todos com no mí­nimo 15 pães de altura. Talvez eu deva cortar a cafeí­na? Eu fiz uma viagem curta para Leavesden algumas semanas atrás, onde vi 20 minutos da Ordem da Fênix, que está fantástico! Também tive a chance, antes que todos saí­ssem para seus caminhos (foi a última semana de gravações com atores vivos), para eu conversar com Dan, Rupert, Emma e Evanna, que é sempre maravilhoso. Daniel mudou sua teoria sobre Snape; ele diz que ele não quer ser comparado com aquelas pessoas que são fotografadas, sorridentes, ao lado de ditadores malucos.

31/10/2006
Agora eu tenho um terceiro tí­tulo. Estive pensando no passado e sei que tive mais opções de tí­tulos do que este para alguns do livros anteriores, então não estou tão preocupada. O terceiro tí­tulo está levemente à frente, ou talvez deva ser uma vogal e duas consoantes.
Eu tive uma última semana escrevendo. Há algumas sensações mais agradáveis do que ler o trabalho da semana e pensar “Não está tão ruim”, em contraste com o frequente, “está um lixo”, desperdicei uma semana e vou ter que escrever de novo. E se você acha que é um exagero ou falsa modéstia, está totalmente enganado. É perfeitamente possí­vel passar dias inteiros escrevendo e não ter o que mostrar, apenas uma única idéia que, se trabalhada, pode ser aceita.

Parabéns pelos resultados do W.O.M.B.A.T. Estão se saindo muito bem.

29/09/2006
Ontem sentada em minha escrivaninha tentando inventar uma palavra me trouxe de volta algumas lembranças da última vez que eu fiz isso. Eu tinha tentado por vários dias encontrar o nome correto para “o recipiente no qual um bruxo das trevas deposita um fragmento de sua alma com o objetivo de adquirir imortalidade”. Finalmente, após muitas transposições de sílabas, eu rasbiquei ‘Horcrux’ num pedaço de papel e sabia que era a perfeita. Mas e se alguém já tivesse usado? Com algum receio, eu digitei ‘Horcrux’ no Google e, para a minha felicidade, a pesquisa não retornou nenhum resultado.

Por acaso ontem eu digitei novamente ‘Horcrux’. 401 mil resultados. Como vocês devem imaginar, isto me encorajou a rasbicar palavras sem sentido na parte de trás de um cardápio.

13/09/2006
Desculpas, desculpas, desculpas, desculpas e desculpas. Eu sei que faz muito tempo desde o nosso último contato. Eu tenho escrito um romance, vocês sabem. Minhas leituras em Nova Iorque com o Stephen King e John Irving eram um bocado divertidas. Não é com frequência que eu faço algo assim e desejo que eu possa fazer tudo novamente mais vezes, mas, sem dúvidas, eu teria feito em uma terceira noite alegremente. Se vocês estivesse lá, e gritando, obrigado: as multidões, ambas as noites, não poderiam ter sido mais maravilhosas.

Eu me embaralhei com uma pergunta, acredito. Eu fui perguntada: “que pergunta nunca foi feita que você queria que tivesse sido perguntada?” – ou algo bem parecido – e minha mente deu um branco. Culpe longos anos de tentar não entregar a trama. Mas me ocorreu assim que eu saí­ do palco que há uma pergunta que eu sempre estive surpresa que ninguém me questionou e que eu realmente deveria ter dito isto enquanto eu ainda estava no palco. Eu não posso pedir desculpas à menina que perguntou, mas é em tributo a ela que eu dou a resposta, atrasada, na sessão Miscelânia da página de Extras.

10/05/2006
Tenha cuidado com o que deseja, porque pode se tornar realidade. Desde que reclamei que tinha dificuldade de em encontrar qualquer coisa para se escrever depois que acabava papel enquanto trabalhava na cidade, tenho sido inundada de papel.

Alguns de vocês me mandam únicas folhas, alguns blocos inteiros, uma empresa de papel me enviou uma pilha de cadernos com JK ROWLING escrito em negrito, que eu posso não usar em público, mas que são todos adoráveis. Alguns tentaram uma abordagem diferente, me dizendo exatamente onde eu podia comprar papel em Edimburgo; alguns ainda enviaram mapas.

De qualquer forma, agora tenho papel o suficiente para escrever vários livros sete, então não há desculpa­.

Tenho tido confusão com elfo-doméstico essa semana, embora eu ache que tenha resolvido agora. Sou a favor dos direitos dos elfos-domésticos, mas o autor é ditador e quanto mais cedo aceitar isso, melhor.

05/04/2006
Há somente uma coisa que me irrita viver em Edinburgh “ Bem, duas, mas tenho renunciado muito do tempo agora. Por que é tão difícil comprar papel no centro da cidade? O que um escritor que goste de escrever á mão precisa fazer quando escreve seus rascunhos e os realiza e, para seu horror, descobre apenas um pouco de papel em branco em sua sacola? Levei quarenta e cinco minutos, esta manhã, para encontrar algum lugar que vendesse algum papel linho normal. E existe universidade aqui! O que os estudantes usam? Não me dia Laptops, isso me faz sentir algo fora do século dezoito.

O livro está caminhando bem, tenho certeza que vocês estão satisfeito em ouvir, falta do papel não encontrado. Houve uma pequena interrupção semana passada para que pudesse ir para Londres no British Book Awards, muita diversão, o Enígma do Príncipe, ganhou como Livro do Ano. Também tive a oportunidade de visitar Leavesden (o estúdio onde fazem os filmes de Potter), coisa que não fazia a anos, devido a gravidez/tendo pequenos bebês e por isso faz parecer anos. Ah, é muito excitante conhecer alguns dos novos sets da Ordem da Fênix, mas sobretudo rever os atores “ ligeiramente maiores, agora quase todos estão mais altos do que eu (eu falo, naturalmente, dos adolescentes; Michael Gambon sempre foi mais alto do que eu, e ele se olhou nas suas novas vestes encantado). Tive o prazer de ver Tom Felton, Devon Murray, Alfred Enoch, Sitara Shah (e acenar através da porta de Bonnie Wright, que estava ocupada sendo guiada). Fiquei um bom tempo conversando com Dan e Matthew sobre livros, Rupert sobre suas irmãs nunca o enrolarem, Oliver e James sobre as dificuldades que encontraram para se enrolarem e com Emma sobre a vida amorosa de Hermione. Encontrei também, e bati um longo papo, com Evanna Lynch (Luna), sobre quem há somente uma coisa a dizer: perfeito.

28/02/2006
Isso sempre acontece. Eu faço um plano, parece perfeito, então começo, definitivamente, a escrever o livro e acabo percebendo que Harry não pode fazer tudo aquilo em apenas um capítulo. Então que era para ser apenas 2 se transforma em 4 capítulos. Eu continuo achando que o livro não será tão longo quanto a ‘Fênix’, mas se isso continuar a acontecer… não, não pode! Estou olhando o plano, e não pode. Com certeza. Por favor.

Não há mais nada que possa dizer a vocês. Bem, existem coisas que gostaria, mas não posso. Desculpe.

25/01/2006
Ás vezes escrever se torna tão fácil que parece como se vocês estivesse fazendo ditado de sua inspiração. No meu caso, isto acontece apenas um período em que fico incapaz de escrever, como durante o Natal (neste ano junto com os resfriados dos meus filhos mencionados anteriormente). É como se todas as idéias que tinham escapado como de costume, nas últimas duas semanas tenham explodido da minha caneta uma vez que eu tenha tido algumas horas disponíveis para trabalhar. Normalmente eu sou mais produtiva quando eu tenho, ou quando tenha tido recentemente, um tempo limitado.

Há é claro que este maravilhoso estado de produção não vai durar, nunca dura. É possível que eu fique perdida numa complicação da trama, ou temporariamente abandonada na borda de um grande buraco na história. Até lá, no entanto, eu devo aproveitar esta maré de inspiração.

05/01/2006
Decisões de Ano Novo sobre escrever

1. Limpar meu escritório de trabalho
Meu escritório é facilmente o lugar mais bangunçado da casa, e provavelmente da nossa vizinhança; não vou dizer que é de toda Edimburgo porque deve haver algum lugar que seja pior. Francamente, eu não gosto de pensar sobre o que irei encontrar quando finalmente eu alcançar o fim o fim de todas essas pilhas de lixo. No entanto, como agora estou tentando achar o melhor caminho para chegar a minha mesa, acho que a hora para a minha arrumação anual chegou.

2. Não perca mais nenhum caderno
Após umas semanas de pânicoo eu finalmente encontrei um caderno que estava perdido. Como sempre quando eu perco estas coisas, eu ficava ‘lembrando’, em sua ausência, como continha anotações tão essenciais e idéias tão criativas que eu nunca seria capaz de escrevê-las novamente, e o conteúdo do do próximo livro ficaria empobrecido sem elas. Agora que eu tenho o tal caderno ao meu lado nesta mesa, vejo que tem pouca coisa útil no meio de muita besteira. Apesar disso, o estresse que sofri enquanto eu acreditava que este caderno era equivalente ao Cálice Sagrado foi o suficiente para me lembrar que devo ter mais cuidado com meu material de trabalho.

3. Seja cruel ao preservar os dias em que escreve
Negue todos os pedidos intermináveis para ter encontros ‘essenciais’ e ‘atrasados’ nestes dias. É engraçado que, embora escrever tenha sido meu trabalho a vários anos, eu ainda tenho que lutar para achar tempo no qual eu possa escrever. Algumas pessoas parecem não entender que eu tenho que sentar em paz e escrever os livros, aparentemente acreditam que eles surgem como cogumelos sem meu consentimento. Então eu devo guardar meu tempo para escrever como um Rabo-Córneo Húngaro guarda seu primeiro ovo.

4. Siga os conselhos dos crí­ticos de como ser um melhor escritor
Eu sempre tento me basear na crí­tica construtiva. Quando não consigo, reconheço minhas falhas e as chamo de meu ‘estilo’.

5. Mantenha seus filhos saudáveis
Como deixamos para três o inverno mais doentio na família, rezo para que nenhum dos meus filhos tenha algum problema nasal por no mí­nimo uma semana, permitindo assim que eu tenha tido algumas horas de sono antes de escrever.

25/12/2005
Aquele antigo texto de boas-vindas estava começando a me irritar, então achei que daria algo novo para vocês neste Natal. Eu já tentei manter um diário muitas vezes mas não fui além do 15 de Janeiro, mas tenho sentido uma necessidade de ter um local para adicionar atualizações diárias  que não podem ser consideradas ‘notícias’ de verdade. Como sempre, se houver um momento de muito silêncio, não vejam isso como um sinal de desistência do diário, mas estarei trabalhando muito numa coisa um pouco mais avidamente esperada…

Já que 2006 será o ano em que escreverei o livro final de Harry Potter. Eu vejo a tarefa como uma mistura de excitação e medo porque eu mal posso esperar para começar, e contar a parte final da história e, finalmente, responder todas as perguntas (irei responder todas as perguntas? Vamos esperar a maioria delas); e então tere¡ tudo acabado e não consigo imaginar minha vida sem Harry.

No entanto (dou uma tossida daquela forma severa Britânica), isto não é hora para ficar sentimental.

Eu tenho feito pequenas mudanças no meu já modificado plano de sete livros durante as últimas semanas para que eu realmente possa começare a escrever em Janeiro. Analisar o plano é como contemplar o mapa de um país desconhecido no qual eu logo estarei. Às vezes, até mesmo neste estágio, você pode ver algum problema se aproximando; em quase todos os seis livros lançados há ”Capí­tulos de Terror’.’ O maior exemplo, eu acho, para ganhar o tí­tulo de Capí­tulo Que Quase Acabou Com Minha Vontade De Continuar foi o capí­tulo nove do Cálice de Fogo (mais especificamente, “A Marca Negra”).

E para este website, eu tenho planos… vocês descobrirão quais são no decorrer do tempo (vigilância constante, meus amigos). Por enquanto, ótimas festas para todos, e se o Papai Noel já desceu pela sua chaminé, espero que ele tenha deixado algo bom.



 
 
 
 
 
 
Livros HP
  Livro 1
  Livro 2
  Livro 3
  Livro 4
  Livro 5
  Livro 6
  Livro 7
  Outros Livros e Relatos
 
  Animais Fantásticos e Onde Habitam
  Quadribol Através dos Séculos
  Os Contos de Beedle, o Bardo
  Prefácio dos Marotos
  Enciclopédia
  Extras
 
 
  Morte Súbita
   Minissérie da BBC
  Série Cormoran Strike
   O Chamado do Cuco
   O Bicho-da-seda
  J.K. Rowling
  Lia Wyler
  Mary GrandPré
 
Filmes HP
  Filme 1
  Filme 2
  Filme 3
  Filme 4
  Filme 5
  Filme 6
  Filme 7
 
  Parte I
  Parte II
  Animais Fantásticos e Onde Habitam
  Outros Filmes/Trabalhos
 
  Alice no País das Maravilhas
  Cherrybomb
  O Corajoso Ratinho Despereaux
  Equus
  Dançando para a Vida
  How to Succeed in Business
  JK Rowling "Um Ano na Vida"
  Lições de Vida
  Matador em Perigo
  My Boy Jack
  Sete Dias com Marilyn
  Sweeney Todd
  Um Verão Para Toda Vida
  Elenco  
 
  Daniel Radcliffe  
  Emma Watson  
  Rupert Grint  
  Tom Felton  
  Lista Completa... +50 atores  
  Equipe Técnica  
 
  Alfonso Cuarón
  Chris Columbus
  David Heyman
  David Yates
  Mike Newell
  Steve Kloves
  Lista Completa...
 
Pottermore
 
Harry Potter: A Exposição
 
O Mundo Mágico de Harry Potter - Hogsmeade
 
O Mundo Mágico de Harry Potter - Beco Diagonal
 
Warner Bros Studio Tour London
 
Entrevistas JKR... +350 textos
 Por Ano
  Destaques JKR.com
  Não datadas
  1997
  1998
  1999
  2000
  2001
  2002
  2003
  2004
  2005
  2006
  2007
  2008
  2009
  2010
  2011
  2012
  2013
  2014
 Por Assunto
  Personagens
  Lugares
  Mundo Bruxo
  Livros & Cia
  Jo
  Boatos e Rumores
 
JKRowling.com
  Aniversário de Personagens
  Bruxo do Mês
  Biografia
  Diário
  Fan Sites
  Vista Gadget
  FAQ
 
  Sobre os Livros
  Sobre JKR
  Outras Coisas
  Enquetes?
  Informações Extra  
 
  Miscelânia
  Personagens
  Edições
  Itens Secretos  
  Links  
  Lixeira
  Novidades  
  Rumores  
  ? (Porta Secreta)  
  W.O.M.B.A.T  
 
EmmaWatsonOfficial.com
  Emma
 
  Sobre Emma
  Fotos e Favoritos
  FAQ's
  Prêmios
  Carreira
  Notícias
  Mídia
  e.m.s.
  UNICEF
  Minha Página
 
  Downloads
  Links
 
 
 
 
Legal Notice:
Harry Potter é propriedade de J.K. Rowling, Warner, Bloomsbury, Scholastic e Rocco. Este é apenas um fansite que publica informações para fãs. Os videos são propriedades dos respectivos canais.
All contents of JKRowling.com and EmmaWatsonOfficial.com is created by LightMaker.
Potterish.com - versão 4.0. Copyright © 2002 - 2014

Powered by WordPress.