Entrevista – John Williams – 15/05/2002

Fazendo música em Star Wars: Entrevista com John Williams
Realizada pelo canal CNN – 15/05/2002

Em 15 de Maio, John Williams foi entrevistado num programa da CNN, sendo a entrevista ao seu recente trabalho em Star Wars Episódio II: Ataque dos Clones. No iní­cio foi apresentado um ví­deo com Williams e Lucas a falar sobre Star Wars, seguindo-se a entrevista propriamente dita. Esta tradução é livre e foi adaptada de forma a tornar-se mais legí­vel.

Kendis Gibson, CNN: O que seria de um filme Star Wars sem a composição acelerada de John Williams? Simplesmente não seria o mesmo. Com isso em mente, aqui estava John Willimas, desta vez com a Orquestra Sinfônica de Londres, dirigindo, trabalhando, criando a sua quinta trilha sonora para Star Wars, sob os atentos olhos e ouvidos de George Lucas.
George Lucas: Os filmes Star Wars são basicamente filmes mudos. E são desenhados como filmes mudos, por isso a música tem um papel muito importante em encaminhar a história, mais do que teria num filme normal.
Kendis Gibson, CNN: O processo para Williams começa quando leva para casa uma cópia do filme e passa até três meses esboçando a composição e então a apresenta para Lucas.
John Williams: Sendo um processo colaborativo, estou muito habituado a isto. E eu faço os ajustes de noite e venho no dia seguinte e retrabalho a seção sobre a qual ele [Lucas] tenha dúvidas. E o faço outra vez, uma, duas, três…
Kendis Gibson, CNN: A trilha sonora de Ataque dos Clones destaca-se das outras por uma principal razão.
John Williams: Cinco filmes com este enorme glossário de temas, mas nós não temos um “tema romântico”. Por isso agora já temos…
George Lucas: Agora completamos o livro.
John Williams: Quase.
Kendis Gibson, CNN: Este é o primeiro a ter um “tema romântico”.
John Williams: Eu penso que o George tinha estas coisas na sua mente quando ele me descreveu a necessidade de um “tema romântico”, que fosse como as grandes histórias de amor dos filmes do passado.
Kendis Gibson, CNN: Os fanáticos de Star Wars podem ficar descansados que o resto da trilha sonora esta preenchida com as habituais sequências aceleradas e trovejantes. Mas para o que foi um trabalho de amor de 25 anos para os dois homens, um “tema romântico” era muito merecido.
Daryn Kagan, CNN: E agora a oportunidade de conhecer o homem por detrás da música, o Maestro Star Wars, John Williams, que se junta a nós a partir de Los Angeles, esta manhã. Sr. Williams, bom dia, é um prazer o termos conosco.
John Williams: Bom dia. Muito obrigado.
Daryn Kagan, CNN: Como é fascinante ver tudo funcionando por detrás das câmaras, como colabora com George Lucas e de o ver em Londres, com a Sinfônica, todos juntos.
John Williams: É uma colaboração maravilhosa, George e esta maravilhosa orquestra, que nós usamos desde os primeiros dias de Star Wars. A Sinfônica de Londres é parte da família Star Wars, se quiser, e foi um privilégio e muito divertido continuar este projeto durante todos estes anos.
Daryn Kagan, CNN: Como você se mantém original para a sua quinta vez?
John Williams: Bem, a quinta vez é como a primeira. E como qualquer coisa que nós fazemos criativamente. Nós nos sentamos com um papel em branco e esperamos que tenhamos a inspiração e energia e sorte que tivemos no passado. Por isso penso que todas as vezes há o mesmo desafio novamente, e nós nos levanta-mos para atingir da melhor forma que podermos e é isso que nos mantém vitalmente interessados no que fazemos.
Daryn Kagan, CNN: Leve-nos de volta à primeira vez em que George Lucas falou pra você sobre Star Wars.
John Williams: A primeira vez foi muito interessante porque todos nós olhamos para o filme, George Lucas, o nosso amigo mútuo Steven Spielberg e outros, e todos nós pensamos, “uau!”, isso é um filme fantástico. Vai ser ótimo para crianças nas tardes de sábado, nunca pensando que este tipo de nova criação mitológica, se quiser, que o George Lucas tinha criado fosse encontrar um continuo e duradouro público em todo o planeta. Nós não fazí­amos idéia que os Dark Vaders da história iam encontrar um lugar permanente no coração das pessoas que vão a estes filmes. Por isso foi uma surpresa. Uma boa surpresa.
Daryn Kagen, CNN: Bem, parece que ele lhe dá muito crédito à sua música ao fazer estes clássicos.
John Williams: Bem, a música é… É muito simpático da parte dele, realmente, e fico feliz em partilhar todo o crédito com ele também. Mas o que ele diz é realmente verdade, os filmes Star Wars são como os filmes mudos ou como desenhos animados, no sentido que a orquestra esta sempre empurrando e avançando no tempo e a trama da mesma forma que você faria num desenho animado, por exemplo.
Daryn Kagan, CNN: E…
John Williams: Neste caso, é em grande escala. É uma orquestra sinfônica completa indo através destes gestos todos, acompanhado a ação.
Daryn Kagan, CNN: E como nós vimos na peça, desta vez há uma história de amor. Isso deve ter sido engraçado ao adicionar no desafio.
John Williams: É um desvio de tudo que já tí­nhamos feito em Star Wars. Provavelmente parece a última coisa em que você podia pensar, mas é um “tema romântico” para uma história de amor que tem um alcance cósmico, se preferir. É uma… quando nos pensamos em histórias de amor, eu penso em Romeu e Julieta ou Tristão e Isolda ou esse tipo de coisa onde os amantes são separados pela graduação ou religião ou famí­lia ou classe ou o que quer que seja, e esse é o caso aqui também.
Daryn Kangan, CNN: Certo, há um lado proibido nisso… nesta história de amor que teria de ser refletido na música também.
John Williams: Exatamente. Esse aspecto proibido que impede os amantes de estarem completamente juntos até eles partilharem o amor eterno, a idéia de amor além do tempo. Por isso é um “tema romântico”, mas também com um aspecto trágico que também se estende por um tempo para além da morte.
Daryn Kagan, CNN: Deixe-me fazer aqui uma transição por um momento, tornando-o de compositor para crítico. Já viu o filme, e como ele é?
John Williams: Isso pode parecer estranho, mas eu ainda não vi o filme completo. O filme com que trabalho é uma espécie de versão de trabalho com desenho que são mais tarde substituí­dos por animações e trabalho de fotografia e pós-produção muito sofisticado. Eu não tive oportunidade de me sentar numa sala de cinema e ver o filme completo…
Daryn Kagan, CNN: É sério?
John Williams: …do princípio ao fim. Acredite ou não, é verdade. Eu espero que um destes fins de semanas eu tenha uma noite livre e possa ir até a uma sala de cinema na vizinhança e sentar-me no fundo da sala e apreciar o filme com o resto do público.
Daryn Kagan, CNN: Bem, sabe que o filme está ao fundo da rua onde estamos, no Chinese Theater. Talvez haja alguém que o deixe passar à frente na fila, se aparecer por lá.
John Williams: Mas isso é absolutamente verdade. A última versão que vi foi em Londres, com a orquestra, e ainda não estava completo na altura.
Daryn Kagan, CNN: Bem, muito obrigado por nos dar esta fascinante visão por detrás da música e como tudo é posto junto.
John Williams: Obrigado.



 
 
 
 
 
 
Livros HP
  Livro 1
  Livro 2
  Livro 3
  Livro 4
  Livro 5
  Livro 6
  Livro 7
  Outros Livros e Relatos
 
  Animais Fantásticos e Onde Habitam
  Quadribol Através dos Séculos
  Os Contos de Beedle, o Bardo
  Prefácio dos Marotos
  Enciclopédia
  Extras
 
 
  Morte Súbita
   Minissérie da BBC
  Série Cormoran Strike
   O Chamado do Cuco
   O Bicho-da-seda
  J.K. Rowling
  Lia Wyler
  Mary GrandPré
 
Filmes HP
  Filme 1
  Filme 2
  Filme 3
  Filme 4
  Filme 5
  Filme 6
  Filme 7
 
  Parte I
  Parte II
  Animais Fantásticos e Onde Habitam
  Outros Filmes/Trabalhos
 
  Alice no País das Maravilhas
  Cherrybomb
  O Corajoso Ratinho Despereaux
  Equus
  Dançando para a Vida
  How to Succeed in Business
  JK Rowling "Um Ano na Vida"
  Lições de Vida
  Matador em Perigo
  My Boy Jack
  Sete Dias com Marilyn
  Sweeney Todd
  Um Verão Para Toda Vida
  Elenco  
 
  Daniel Radcliffe  
  Emma Watson  
  Rupert Grint  
  Tom Felton  
  Lista Completa... +50 atores  
  Equipe Técnica  
 
  Alfonso Cuarón
  Chris Columbus
  David Heyman
  David Yates
  Mike Newell
  Steve Kloves
  Lista Completa...
 
Pottermore
 
Harry Potter: A Exposição
 
O Mundo Mágico de Harry Potter - Hogsmeade
 
O Mundo Mágico de Harry Potter - Beco Diagonal
 
Warner Bros Studio Tour London
 
Entrevistas JKR... +350 textos
 Por Ano
  Destaques JKR.com
  Não datadas
  1997
  1998
  1999
  2000
  2001
  2002
  2003
  2004
  2005
  2006
  2007
  2008
  2009
  2010
  2011
  2012
  2013
  2014
 Por Assunto
  Personagens
  Lugares
  Mundo Bruxo
  Livros & Cia
  Jo
  Boatos e Rumores
 
JKRowling.com
  Aniversário de Personagens
  Bruxo do Mês
  Biografia
  Diário
  Fan Sites
  Vista Gadget
  FAQ
 
  Sobre os Livros
  Sobre JKR
  Outras Coisas
  Enquetes?
  Informações Extra  
 
  Miscelânia
  Personagens
  Edições
  Itens Secretos  
  Links  
  Lixeira
  Novidades  
  Rumores  
  ? (Porta Secreta)  
  W.O.M.B.A.T  
 
EmmaWatsonOfficial.com
  Emma
 
  Sobre Emma
  Fotos e Favoritos
  FAQ's
  Prêmios
  Carreira
  Notícias
  Mídia
  e.m.s.
  UNICEF
  Minha Página
 
  Downloads
  Links
 
 
 
 
Legal Notice:
Harry Potter é propriedade de J.K. Rowling, Warner, Bloomsbury, Scholastic e Rocco. Este é apenas um fansite que publica informações para fãs. Os videos são propriedades dos respectivos canais.
All contents of JKRowling.com and EmmaWatsonOfficial.com is created by LightMaker.
Potterish.com - versão 4.0. Copyright © 2002 - 2014

Powered by WordPress.