fbpx
Potterish
Áreas dessa seção

Posted by on set 2, 2007 in Uncategorized |

Michael Goldenberg

Dados Pessoais

Nome completo: Michael Goldenberg
Data de nascimento: 1965
Natural de: Estados Unidos.
Notí­cias relacionadas: Todas as notí­cias do Potterish relacionadas a este roteirista, você encontra aqui.

 

 

 

Biografia

Michael Goldenberg nasceu em 1965 e iniciou sua carreira como escritor de peças de teatro porém apenas nas últimas duas décadas se lançou como roteirista e diretor de Hollywood, a exemplo de diversos outros americanos.

Goldenberg foi co-roteirista da adaptação cinematográfica Contato e em 2003 co-adaptou a mais recente versão de Peter Pan em parceria com o diretor P. J. Hogan. Ele também é o co-roteirista juntamente com Spike Jonze de Where the Wild Things Are (lançamento em 2008) uma produção dos estúdios Warner Bros. e Legendary Pictures, e ainda foi roteirista do quinto filme da série Harry Potter, Harry Potter e a Ordem da Fênix. Goldenberg havia esboçado um manuscrito para Harry Potter e a Pedra Filosofal, mas o escolhido final para o cargo fora Steve Kloves.

Goldenberg foi selecionado para escrever o roteiro de Harry Potter e a Ordem da Fênix em novembro de 2004, depois das quatro primeiras adaptações de Rowling terem passado pelas mãos de Kloves, que aliás, voltará para o sexto filme.

Entre os futuros projetos de Goldenberg estão o roteiro e direção de um drama futurí­stico para Warner Bros., ainda em sigilo.

Filmografia

2008 – Where the Wild Things Are
2007 – Harry Potter e a Ordem da Fênix
2003 – Peter Pan
1997 – Contato
1996 – Rosas da Sedução

Entrevistas

“Você odeia perder qualquer coisa, porque é tudo ótimo”, lamenta Goldenberg, que arrependidamente teve que editar muito da carreira de Rony como goleiro de quadribol da Grifinória. “Mas tudo que nós perdemos, nós tentamos encontrar uma forma de pelo menos dar uma dica de que aconteceu ou um outro jeito de mostrar. Então mesmo certas seqüências ou sub-tramas que talvez não apareçam literalmente no filme, eu acho que estão lá em espírito.”
[Continua]
Por Zach Oat da Wizard Universe, 26 de maio de 2007

“Eu sei que houve toda aquela controvérsia sobre a subtrama de Rony com o quadribol. Detestei cortar tudo. Mas naquele caso, foi devido ao fato de não ser uma trama central para a história. Havia tanta coisa com o que lidar, que, logo no início, todos nós sentimos que esse trecho não faria parte do filme. O espí­rito da subtrama, o fato de Rony estar crescendo como personagem, enfrentando desafios e conseguindo seus direitos assim como Harry, tudo isso tentamos inserir de outras maneiras no filme, o quanto foi possí­vel. Então, você sente como se, mesmo que os detalhes da história não estejam lá, seu espírito está presente. Sinto que foi isso que fizemos.”
[Continua]
Entrevista realizada pelo site The Leaky Cauldron, 10 de abril de 2007

Citações do roteirista

  • “É sempre arrasador ter que decidir o que fica e o que tem que ser cortado na adaptação, mas desde o começo definimos que esta é a história de Harry, sua jornada emocional, então todas as cenas que servem de suporte a isso foram mantidas e são o núcleo do filme. Já as cenas que se desviam desse tema central precisam sair para dar espaço à história central. De qualquer forma, tentamos manter o espírito dessas histórias paralelas e de certa forma mostrá-las acontecendo ao fundo.”

Prêmios e Indicações

  • Nomeado por Contato ao Saturn Award da Academia de Ciência da Ficção, Fantasia e Filmes de Terror na categoria Melhor Roteirista (1998)

  • Nomeado ao prêmio Humanitas Prize pelo roteiro de Contato.

Curiosidades

  • Formado pela Universidade Carnegie Mellon.

  • É um dramaturgo. Seus trabalhos em palco incluem “Down the Stream” no Vineyard Theater de Nova York, “Elizabeth’s Gift” e “Interpretation of Dreams” que foram adquiridos por Chuck Gordon para Largo Entertainment.

Fontes

IMDb
Wikipedia ENG

Download mp3