Layout Potterish
Layout Potterish
   
 
Layout Potterish
Layout Potterish
 
Layout Potterish
Layout Potterish
 
Layout Potterish
Layout Potterish
Layout Potterish

 
«   »

Sete Dias com Marilyn

(My Week with Marilyn, 2011)

Gênero: Drama
Tempo de Duração: 99 minutos
Ano de Lançamento: 2011
Estúdio: Weistein Company/BBC Films/LipSync Productions/Trademark Films
Distribuição: Weinstein Company/Entertainment Film Distributors
Orçamento: £6,4 milhões
Arrecadação: US$30 milhões
Direção: Simon Curtis
Roteiro: Adrian Hodges (baseado nos livros My Week with Marilyn e The Prince, the Showgirl and Me, de Colin Clark)
Produção: David Parfitt, Harvey Weinstein
Música: Conrad Pope, Alexandre Desplat
Com: Michelle Williams, Kenneth Branagh, Eddie Redmayne, Emma Watson, Judi Dench, Derek Jacobi, Geraldine Somerville, Toby Jones, Zoë Wanamaker
Site oficial: Para acessar o site oficial do filme, clique aqui.
Notícias relacionadas: Todas as notícias do Potterish relacionadas a este filme, você encontra aqui.

Sinopse

Colin Clark é um jovem aspirante a cineasta que, de tanto insistir, consegue uma vaga na nova produção do lendário Laurence Olivier, estrelada por Marilyn Monroe. Por um golpe de sorte, cai nas graças da musa e é o único em quem ela confia quando, tão frágil quanto estelar, esta se desmancha no meio de uma crise. Alçado de terceiro assistente a ponto crucial para a produção do filme, Colin ainda tem que lidar com a confusão amorosa que o assola: deve ir em busca da consumação do amor platônico com a estrela ou investir na relação com a bela figurinista assistente Lucy?

Conhecendo o elenco

Eddie Redmayne interpreta o jovem idealista Colin Clark que conquista uma vaga na produção do novo filme de Laurence Olivier, encarnado por Kenneth Branagh. Quem dá vida à mítica e frágil Marilyn Monroe é Michelle Williams. Completam o elenco Emma Watson, como a figurinista assistente Lucy (interesse amoroso de Clark), Judi Dench, como a atriz Sybil Thorndike, Derek Jacobi, como o bibliotecário Owen Morshead e Zoë Wanamaker, como a preparadora de Marilyn, Paula Strasberg. Para ver mais, clique aqui.

Conhecendo a equipe técnica

Sete Dias com Marilyn é a estreia no cinema de Simon Curtis, egresso de filmes televisivos. Harvey Weistein (também chefe da distribuidora) e David Parfitt (originário do teatro) foram os produtores. O roteiro ficou a cargo de Adrian Hodges, enquanto a fotografia é de Ben Smithard e a montagem, de Adam Recht. Quase toda a trilha sonora foi composta por Conrad Pope, embora Alexandre Desplat tenha criado a música-tema. Para ver mais, clique aqui.

Fotos

 

 

Todas as fotos relacionadas a Sete Dias com Marilyn, você confere em nossa galeria clicando aqui.

Galeria de Vídeo

 

Trailer Sete Dias com Marilyn
Características Via Apple Trailers. Exige QuickTime instalado.
Links:
480p | 720p | 1080p | iPod/iPhone

 

 

Clipe Sete Dias com Marilyn
Características Via Apple Trailers. Exige QuickTime instalado.
Links:
480p | 720p | 1080p | iPod/iPhone

 

 

Trailer Sete Dias com Marilyn – YouTube
Características Via YouTube.
Links:
Sem legendas
Legendado

 

Datas de Lançamento

Argentina – 7 de junho de 2012
Austrália – 16 de fevereiro de 2012
Brasil – 27 de abril de 2012
Dinamarca – 26 de janeiro de 2012
Espanha – 24 de fevereiro de 2012
Estados Unidos – 25 de novembro de 2011
França – 4 de abril de 2012
Itália – 1º de junho de 2012
Japão – 24 de março de 2012
Noruega – 13 de janeiro de 2012
Nova Zelândia – 8 de março de 2012
Portugal – 5 de janeiro de 2012
Reino Unido – 25 de novembro de 2011
Rússia – 2 de fevereiro de 2012

Para ver mais datas, clique aqui.

Crí­ticas

“O filme parece ser uma recriação bastante precisa da produção do filme nos estúdios Pinewood da época. Pouco importa. Pouco importa o que aconteceu na famigerada semana. O que importa é a performance de Michelle Williams. Ela evoca tantas Marilyns, pública e privada, real e fingida. Não conhecíamos Monroe, mas acreditamos que ela devesse ser mais ou menos assim. É provável que estejamos falando de uma das indicadas ao Óscar neste ano.”
[Continua]
Por Roger Ebert ao Chicago Sun Times.

“Atriz refinada nos detalhes, Michelle Williams não comete, em Sete dias com Marilyn, o erro de tentar imitar Marilyn Monroe – a deusa única e irrepetível, em sua beleza e destino trágico. Por isso, acerta em cheio na recriação do essencial desta personagem que ocupa há 50 anos o imaginário do público e os mais diversos espaços midiáticos com seu ícone imediatamente reconhecível, mas quase nunca decifrado.”
[Continua]
Por Neusa Barbosa à Reuters.

“O sorriso não é tão largo, o busto não é tão grande, nem a carne, tão palpável como aquela que levava todos à loucura, mas, sim, Michelle Williams consegue interpretar Marilyn Monroe. Em Sete Dias com Marilyn, Williams dá vida à estrela. Ela tem os trejeitos de Marilyn ao caminhar, a leveza e movimento do pescoço, o rosto que responde a tudo como uma flor balançando à brisa. E o mais importante: ela tem a doçura sexual e o olhar perdido e doído que se transforma, num átimo, em resistência e lágrimas.”
[Continua]
Por David Denby ao The New Yorker.

“É difícil não reparar que 2011 foi um ano com diversos filmes que, de um modo ou de outro, remetiam ao cinema de outrora. Assim como A Invenção de Hugo Cabret e O Artista, Sete Dias Com Marilyn nos traz um bom exame da Sétima Arte de uma época passada, com seu retrato dos bastidores do filme dirigido por Oliver sendo o ponto alto desta produção comandada por Simon Curtis.”
[Continua]
Por Thiago Siqueira ao Cinema com Rapadura

Prêmios e Indicações

  • Vencedor do prêmio Globo de Ouro 2012 de Melhor Atriz em Comédia ou Musical (Michelle Williams)

  • Vencedor na categoria de Melhor Atriz (Michelle Williams) no prêmio das associações de críticos de Boston, Chicago, Dallas, Florida, Las Vegas, Toronto e Washington em 2011

  • Vencedor na categoria de Melhor Ator Coadjuvante (Kenneth Branagh) na edição de 2012 do London Critics Circle Film Awards

  • Indicado pela Academia aos prêmios Melhor Atriz (Michelle Williams) e Melhor Ator Coadjuvante (Kenneth Branagh) no Óscar 2012

  • Indicado ao BAFTA 2012 nas categorias Melhor Filme Britânico, Melhor Atriz (Michelle Williams), Melhor Ator Coadjuvante (Kenneth Branagh), Melhor Atriz Coadjuvante (Judi Dench), Melhor Figurino (Jill Taylor), Melhor Maquiagem e Cabelo (Jenny Shircore)

  • Indicado aos Globos de Ouro 2012 de Melhor Comédia ou Musical e Melhor Ator Coadjuvante (Kenneth Branagh)

  • Indicado ao prêmio do Sindicato dos Atores, em 2012, nas categorias de Melhor Atriz (Michelle Williams) e Melhor Ator Coadjuvante (Kenneth Branagh)

  • Indicado ao prêmio Eddie de Melhor Montagem na categoria Comédia ou Musical pelos American Cinema Editors em 2012

  • Indicado pela associação de críticos de Phoenix às categorias de Melhor Filme, Melhor Atriz (Michelle Williams) e Melhor Ator Coadjuvante (Kenneth Branagh) em 2011

Curiosidades

  • Durante a produção, surgiram rumores de que Scarlett Johansson, Kate Hudson e Amy Adams estavam sendo consideradas para tomar o papel de Marilyn Monroe. Meses depois, o diretor afirmou que a única atriz que ele envisionava como a estrela era, de fato, Michelle Williams, que acabou com o papel.

  • Ralph Fiennes esteve ligado ao projeto, como intérprete de Laurence Olivier, mas teve de desistir para dar a devida atenção à sua estreia na direção, com a adaptação cinematográfica shakespereana Coriolanus. Em seu lugar, entrou o também potteriano Kenneth Branagh.

  • Kenneth Branagh é, como Laurence Olivier fora a seu tempo, um dos maiores especialistas na obra shakespeareana. Ambos atuaram ou digiram versões diferentes para o cinema das peças Othello, Hamlet e Henrique V, assim como trabalharam em adaptações de Ricardo III (Olivier como diretor de filme, Branagh como narrador de áudio-livro).

  • Essa foi a primeira vez em que os produtores Harvey Weistein e David Parfitt voltaram a colaborar juntos desde Shakespeare Apaixonado, sucesso estrondoso que lhes havia rendido 7 Óscares em 1999.

  • As cenas incluindo Emma Watson foram programadas para tomar poucos dias, de modo a não atrapalhar os estudos da atriz na universidade.

  • A vitória de Michelle Williams no Globo de Ouro pelo papel, na categoria de Melhor Atriz de Comédia ou Musical, marcou 42 anos da vitória do mesmo prêmio pela própria Marilyn, com Quanto Mais Quente Melhor.

  • Com o filme, Michelle Williams recebeu sua terceira indicação ao Óscar. A última vez fora logo no ano anterior, por Namorados para Sempre.

Trilha Sonora

null

Marilyn’s Theme
2. ‘When Love Goes Wrong, Nothin’ Goes Right’ & ‘Heat Wave’
3. Colin Runs Off To The Circus
4. Colin Joins The Circus/Mr. Jacobs
5. Driving Through Pinewood
6. Paparazzi
7. Colin And Vivian
8. Memories Are Made Of This
9. Rushes
10. Lucy
11. Uno, Dos, Tres
12. Arthur And Marilyn
13. Marilyn Alone
14. Arthur’s Notebook
15. Vivian Screens Marilyn
16. The Getaway
17. You Stepped Out Of A Dream
18. Eton Schoolyard
19. Autumn Leaves
20. Overdose
21. Colin’s Heartbreak
22. Colin And Marilyn
23. It’s A Wrap, I Found A Dream
24. Such Stuff That Dreams Are Made Of
25. Remembering Marilyn
26. That Old Black Magic

Compre-o aqui.

Fontes

IMDb
Box Office Mojo
Wikipedia EN

| Voltar |

 
31/07/2014
Incluído as entrevistas de J.K. Rowling doas anos de 2011, 2012, 2013 e 2014. Criada a página da série Cormoran Strike, O Chamado do Cuco e O Bicho-da-seda.

16/09/2012
Incluídas resenha de 2006 escrita por J.K. Rowling sobre a autora Jessica Mitford, bem como sua entrevista ao Radio Times, em 2011. Atualizados o especial de Harry Potter: A Exposição e as páginas dos atores Evanna Lynch (Luna Lovegood), Freddie Stroma (Córmaco McLaggen), Jim Broadbent (Horácio Slughorn), John Hurt (Garrick Olivaras), Julie Walters (Molly Weasley) e Michael Gambon (Alvo Dumbledore).
 
 
 
   
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Arquivo
Buscar no Potterish
Powered by WordPress